VIDAS ARRUINADAS: Justiça bloqueia fortuna de assassino da juíza, sua ex-mulher, para o sustento das filhas

0
161

O crime que aconteceu na véspera de Natal, onde o engenheiro Paulo José Arronenzi, assassinou a ex-mulher, a juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi, na frente das suas 3 filhas, ainda circula pelas redes sociais de todo o mundo.

A Justiça do Rio de Janeiro, decidiu que por danos morais, os R$ 640 mil encontrados na conta bancária do engenheiro, ficaram para o sustento das 3 meninas,  (2 gêmes de 9 anos e uma de 12 anos) que presenciaram o ato de covardia, num dos feminicídios mais tristes da história do Brasil.

O que já se sabe sobre Paulo Arronenzi e a juíza morta na frente das 3 filhas

A justiça atendeu o pedido das filhas de Paulo José sobre o bloqueio do dinheiro, porque o pai das meninas tem cidadania italiana e conforme a justiça, ele teria facilidade para retirar o dinheiro do país.

Mesmo sabendo que dinheiro algum nesse mundo, tirará das mentes e corações dessas 3 meninas inocentes, as cenas de sua mãe brutalmente assassinada pelo pai, já é um sinal que a justiça já começou a trabalhar e funcionar no caso…