URGENTE! Bombardeiros B-1B dos Estados Unidos invadem território norte coreano

0
491

Kim Jong-Un recebeu resposta de Donald Trump após ameaças feitas contra os Estados Unidos.
Os Estados Unidos estão mostrando com toda a sua força todo o pontencial de guerra aos norte-coreanos. A nação está querendo exercitar suas armas de guerra antes do Ministro de Relações exteriores da Coreia do Norte discursar na Organização das Nações Unidas.
Vários aviões bombardeiros estratégicos B-1B Lancer sobrevoaram águas internacionais próximas à costa da Coreia do Norte. Desde o início século XXI esta é a primeira vez que um avião norte-americano de combate esteve tão a norte.
O Pentágono anunciou a missão pouco tempo antes do Chanceler norte-coreano se pronunciar na Assembleia Geral das Nações Unidas, isso é visto como uma demonstração de poder de Donald Trump. O presidente dos Estados Unidos afirmou que “destruirá” o país de Kim Jong-Un se “não tiver escolha”.

O B-1B é um bombardeiro que voa em baixa altitude que tem sido usado pelos Estados Unidos em um guerras no Iraque e Afeganistão. “está missão é uma demonstração da determinação dos Estados Unidos da América e clara mensagem de que o Presidente Trump tem muitas opções militares para destruir qualquer ameaça”, afirmou a porta voz do Pentágono, Dana White à agência de notícias Reuters.
“Estamos preparados para usar todas as nossas capacidades militares em defesa dos EUA e dos nossos aliados”, disse a porta-voz que afirmou que os EUA consideram o programa balístico nuclear da coreia do norte “uma grave ameaça”.
A Coreia do Norte é conhecida por ser um dos países mais fechados do mundo. As crises sofridas pelo país faz com que boa parte de sua população passe fome, já que o governo do líder do país utiliza grande parte do dinheiro público para construir novas armas.
De acordo com informações do MAIL OnLine, o ministro de relações exteriores de Kim Jong-Un afirmou que Donald Trump está em uma “missão suicida”. Segundo ele, os aviões norte-americanos sobrevoando a Coreia significa que disparar foguetes contra os Estados Unidos é “inevitável”.
“Devido à falta de conhecimento comum básico e sentimento adequado, ele (Trump) tentou insultar a suprema dignidade do meu país”, disse.
“A menos que a verdadeira justiça internacional seja realizada, o único princípio filosófico válido é que a força deve ser tratada com força “, afirmou.
Trump afirmou que o norte-coreano Kim Jong-Un será “testado como nunca antes” e logo em seguida enviou os bombardeiros, isso esquenta ainda mais o clima entre os dois países.

FONTE: newsatual.com

VEJA TAMBÉM:

GUERRA: “Não teremos outra escolha que não destruir totalmente a Coréia do Norte”