Sérgio Cabral na cadeia: Sem companheiros e com medo dos exs aliados e amigos

1
79

Os companheiros de ex governador Cabral, não ficaram nada satisfeitos com suas delações diante do Juíz da Lava Jato Marcelo Bretas, chegando a comprometer muitos dos seus aliados e fornecedores.

No presídio Bangu 8, os ex aliados de Cabral, presos pela Operação Lava Jato, estão irritados e sentindo traídos pelos depoimentos que o ex governador vem dado ao juíz Marcelo Bretas, entregando assim, todo o recebimento de propinas e as falcatruas que eram feitas. Era um jogo de ”pagar para ver”.

Cabral anda tão prudente com o clima hostil na cadeia que muitas vezes nem sai para o banho de sol. Afinal, para o ex-governador, começou a valer a popular Lei de Murici: ‘cada um trata de si’. Em pouco mais de dois anos, Cabral já coleciona nove condenações, sendo dois julgamentos em 2ª instância, mas nenhum com trânsito em julgado, ou seja, ainda com direito a recurso. Somadas, as penas chegam a 198 anos e seis meses de prisão. As confissões são uma estratégia para reduzir as penas.

Com medo de retaliação, represália ou vingança, Cabral tem evitado circular pelo complexo, até nas horas do banho de sol. Depois de toma quase 200 anos de cadeia, Cabral chegou a conclusão que agora não vale a pena lutar por mais nada e ajudar ninguém. Ficando cada um seus problemas. Cabral, voltou a ser o egoísta que sempre foi, só pensa no seu umbigo. Foi assim como vereador, deputado, governador…e agora, paga seus pecados na cadeia, de onde dificilmente sairá com vida para desfrutar o que roubou do povo.

 

Jornal Do País.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.