Rachel Sheherazade: ”Sofro ameaças de morte desde que critico Bolsonaro”

0
43

A jornalista do SBT, Rachel Sheherazade, postou em suas redes sociais que vem sofrendo ameaças de morte junto á sua família desde que passou a criticar Bolsonaro desde a sua candidatura a presidência em 2018.

Rachel Sheherazade disse que suas colegas de profissão, como Miriam Leitão, Cantanhêde, Vera Magalhães e etc, também são alvos desses ataques, que na opinião da jornalista são: “vil, covarde, decrépita e misógina”.

Rachel disse:“A violência que minhas colegas sofrem eu sofri e tenho sofrido também. Campanhas difamatórias, ataques em massa, ameaças de morte, ameaças contra meus filhos têm sido uma rotina desde que ousei criticar o então candidato Jair Bolsonaro, ainda no episódio da greve dos caminhoneiros em 2018”

”É triste saber que ela criticou um presidente que está acima de qualquer crítica, um presidente que só faz o bem, sinto pena, espero que ela viva uma vida longa e se arrependa e peça perdão, pelas críticas que fez ao nosso presidente, tenho certeza que será perdoada.” disse um internauta.

A jornalista Rachel Sheherazade, parece uma jonalista bipolar, porque muitas vezes, enalteceu o hoje presidente Bolsonaro e suas idéias e depois que Bolsonaro venceu as eleições, ela virou a casaca e hoje só sabe criticar e não enxerga como jornalista e apresentadora os bens que foram feitos pelo atual governo. Hoje, quando você assiste o jornal do SBT, a apresentadora parece que tem uma depressão profunda, já não é a jornalista que o telespectador gostava de ouvir a sua opinião. Até o seu ”boa noite” é triste…

Veja o que ela postou em seu Twitter: