Rachel Sheherazade move ação milionária contra Sílvio Santos, por assédio e censura

0
35

A apresentadora Rachel Sheherazade, entrou com uma ação milionária contra o dono do SBT e seu ex-patrão, Sílvio Santos. Rachel acusa o dono do Baú de cometer assédio moral, e diz que sofreu censura dentro do SBT. Rachel também disse no processo, que foi humilhada em rede nacional.

De acordo com os advogados da jornalista, a situação ocorreu durante a premiação do Troféu Imprensa de 2017, feito todo ano pelo SBT. Na ocasião, Sílvio Santos disse: “Eu te chamei para você continuar com a sua beleza, com a sua voz, foi para ler as notícias, e não dar a sua opinião. Se quiser falar sobre política, compre uma estação de TV e faça por sua própria conta”, disse o dono do SBT.

 

Os advogados dizem que ”Sílvio Santos teve uma atitude machista, colocou a figura feminina numa posição em que a beleza física é supervalorizada em detrimento dos atributos intelectuais”.

Mais um caso que é citado pelos advogados no processo, é o de quando Luciano Hang, dono da Havan, pediu o afastamento de Rachel e fez duras críticas a apresentadora. Sílvio Santos, atendeu o pedido de Luciano que disse nas suas redes sociais: “Silvio Santos a afastou da apresentação do telejornal SBT Brasil, como nítida forma de punição em razão de seus comentários e opiniões, bem como reduziu seu espaço no ar”