POBRE: Procurador do MP diz que não é possível sobreviver com salário de R$ 24 MIL REAIS

0
51

Um absurdo aconteceu em uma sessão da Câmara dos Procuradores do Ministério Público, onde o procurador, Leonardo Azevedo dos Santos, fez um desabafo, dizendo que se não houver aumento para a classe que ganha R$ 24 mil reais por mês, ele vai ser um ”misere” e que vai tentar sobreviver com esse salário, porque viver dignamente pra ele não dá, pois só de cartão de crédito ele gasta R$ 20 mil por mês, ele ainda indagou na reunião:

”Como vou sobreviver? Vou virar pedinte”

VEJA O VÍDEO: