Paula Thomaz, assassina de Daniella Perez, abre queixa-crime contra a escritora Gloria Perez

0
203

Paula Thomaz, assassina e condenada pelo crime brutal que cometeu junto ao seu ex-marido Guilherme de Pádua, ao matarem a atriz Daniella Perez no dia 28 de dezembro de 1992, apresentou uma queixa-crime contra a mãe de Daniella Perez, a escritora Glória Perez.

Paula diz no queixa que o motivo é porque a escritora ficou respondendo nas redes sociais, comentários de internautas sobre Paula estar investindo na carreira artística da filha. A autora, se revoltou quando soube disso e na época disse: “Essa criminosa não tem limites. Não preservou o filho que tinha na barriga quando se fez assassina e não preserva a filha de um meio (artístico) onde terá sempre como referência ser filha de uma assassina”.

As informações são da colunista Fábia Oliveira, do jornal ”O Dia”, e ainda de acordo com ela, Paulo e seu marido Sérgio Peixoto, fizeram um boletim de ocorrência contra Gloria Perez e alguns dos seguidores da escritora.

Paula diz que foi ameaçada nos comentários e todos os citados por ela no boletim de ocorrência, podem ser intimados na delegacia.

Lembrando que Paula Thomaz, planejou e realizou o crime contra a filha de quem ela hoje, leva o nome na delegacia…