Palocci vai para casa e Dilma pode ir para a cadeia

0
77

O ex- ministro dos governos Dilma e Lula, Antonio Palocci deixou a Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba, por volta das 15h30 desta quinta-feira (29), depois que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) concedeu prisão domiciliar ao ex-ministro.

Por volta das 16h, ele chegou à Justiça Federal para colocar uma tornozeleira eletrônica. Às 17h55, o ex-ministro deixou o local.

Não está claro ainda para onde ele vai. O último endereço informado por ele à Justiça foi na cidade de São Paulo.

Os depoimentos inéditos da delação de Antonio Palocci devem atingir Dilma Rousseff.

Diz a Folha:

“As informações que circulam entre investigadores e advogados preocupam integrantes do PT que acompanham o assunto de perto. Há o temor de que ela seja alvo de alguma medida cautelar mais drástica”.

Fonte: publicabrasil.com

VEJA TAMBÉM:

Delação de Palocci deve arrastar Banco Central, Receita Federal e Caixa para escândalos