Militar detona jornalista global que tentou colocar Bolsonaro na tentativa de homicídio de Cid Gomes

0
72

A Rede Globo de Televisão tenta nos deixar confusos em suas reportagens parecendo que a Rede quer se tornar um ”país independente”.

Como em todas as notícias que envolve o governo Bolsonaro e até outros partidos, a Globo não condiz com a verdade, mas leva a notícia conforme lhe convém.

Uma das últimas notícias aconteceu com a tentativa de homicídio que o senador Cid Gomes, quando este tentou invadir uma base policial jogando uma escavadeira pra cima dos policiais, sendo contido de uma maneira muito simples, porque se fosse em outro país, ele se sairia pior, porque quem não se dá ao respeito não merece o mesmo.

Um quartel da polícia, não pode ser afrontado por um simples homem, que se acha dono da verdade, colocando a vida de militares, pais de famílias em risco de vida.

Imaginem só, se esse caso fosse um aliado do governo Bolsonaro, em uma escavadeira, partindo para cima do MST?

O que a mídia diria???

Aconteceu com a jornalista Cantanhêde, que num caso isolado e de um homem sem responsabilidade, senador, tentar fazer o que fez, ela quis colocar Bolsonaro no episódio, com grande falta de ética, uma mentira e uma grande farsa, porque o presidente nem sabia o que ocorria nesse exato momento.

Veja abaixo, como a jornalista Cantanhêde, tenta distorcer os fatos. E qual seria esse motivo?

O soldado Renato Taroco, deu a resposta a jornalista, falando a verdade: