LOUCURA: Enfermeiro mata a namorada médica, por achar que foi contaminado por ela com CORONAVÍRUS

0
40

A pandemia que assola o mundo tem deixado várias pessoas transtornadas e visivelmente perturbadas. O enfermeiro Antonio De Pace, de 28 anos, ele achou que estava contaminado com o COVID-19 e que a sua namorada, a médica Lorena Quaranta de 27 anos teria o contaminado, já que os dois trabalhavam juntos no mesmo hospital em Messina, na Itália.

Pensando estar contaminado, Antonio De Pace matou sua namorada no apartamento em que viviam juntos e em seguida ligou para a polícia comunicando o ocorrido e logo após, tentou tirar a sua vida.

Itapora Agora - Enfermeiro mata a namorada médica e justifica: "Me ...

Após o crime do enfermeiro contra a médica, foi testado para o coronavírus e os exames de ambos deram negativo.

Um assassinato estúpido e banal, por ter gerado uma perturbação ao namorado da médica por estar trabalhando num hospital em que socorria os infectados pelo coronavírus.