GRAVE ERRO: Mulher recebe falso diagnóstico de câncer, retira seios e faz quimioterapia sem necessidade

0
46

A vida de Sarah Boyle, de 28 anos se transformou em um pesadelo quando em 2016, fazendo exames de rotina, ela foi diagnosticada com um tumor grave e agressivo de câncer. Por esse motivo, ela teve que retirar as duas mamas, fazer implantes de silicones e por muito tempo ter que fazer quimioterapia.

 

Na época, ela precisou tirar as duas mamas para que o câncer não se espalhasse pelo corpo, conforme o diagnóstico da biópsia.

Resultado de imagem para Sarah Boyle cancer

Quase dois anos depois da operação e de muito sofrimento, ao fazer novos exames os médicos descobriram que Sarah nunca teve câncer e que o diagnóstico foi um erro gravíssimo do hospital e dos médicos que a tratavam.

Ela disse que sofreu muito, sabendo que tinha uma doença gravíssima e que hoje vive com traumas psicológicos e por ter feito por muito tempo quimioterapia sem necessidades, ela tem medo de enfrentar possíveis complicações em seu organismo pela gravidade do tratamento.

Por isso temos que fazer uns três exames em laboratórios diferentes. Nunca confiar no primeiro.E hoje esta difícil de confiar em médicos.São muitos irresponsáveis. Poucos que trabalham com amor na profissão, disse um internauta.

As informações são do Catraca Livre.