Geraldo Alckmin: Contas são bloqueadas pela Justiça Eleitoral no valor de mais de R$ 11 MILHÕES

0
17

O ex-governador Geraldo Alckmin do PSDB, teve as suas contas bloqueadas pela Justiça Eleitoral de São Paulo, no valor de mais de R$ 11 milhões juntamente com o seu ex-tesoureiro, Marcos Monteiro e seu ex-assessor Sebastião Alves de Castro.

Segundo o Ministério Público e a Polícia Federal, o ex-governador Geraldo Alckmin, recebeu durante a sua campanha ao governo de São Paulo, R$2 milhões da construtora Odebrecht e recebeu também R$ 9,3 milhões para tentar a reeleição em 2014.

Foto: Imprensa Livre do Ceará