EXTRA: Filha acusa João de Deus de estupro e quer R$ 50 milhões de indenização

0
156

Em processo que corre em segredo de Justiça, ela diz que o crime ocorreu de forma continuada. Informações são de O Antagonista

Uma das filhas de João Teixeira de Faria, o João de Deus, move processo contra o próprio pai por estupro continuado. Em ação de reparação de danos morais, a herdeira do médium pede R$ 50 milhões pela causa. A informação é do site O Antagonista, que não revelou o nome da vítima.

O pedido tramita em segredo de Justiça e, nos autos, consta que “por trás dessa figura aparentemente dócil, amável e caridosa, se esconde um homem bruto, cruel, violento”, conforme pontua a defesa da filha.

Reprodução

Ao portal, o advogado autor do processo, Marcos Eduardo Cordeiro Bocchini, recusou-se a se manifestar pelo fato de a ação correr em sigilo. De acordo com a apuração do site, “uma fonte do MP de Goiás informou que a vítima teria sido violentada quando ainda era menor de idade, o que configuraria estupro de vulnerável”.

Ainda segundo a reportagem, os filhos da vítima já processaram João de Deus anteriormente pelo caso, que teria sido encerrado após acordo. Defensor do médium, o advogado Alberto Toron alegou à reportagem “a existência de um vídeo que a filha do médium teria gravado retirando as acusações”, mas não apresentou o material.

O programa Conversa com Bial, comandado pelo jornalista Pedro Bial na Rede Globo, exibiu, na  madrugada de sábado (8/12), depoimentos de mulheres que afirmam terem sido abusadas por João de Deus. Há mais de 40 anos, o médium faz atendimentos espirituais na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, município goiano localizado a pouco mais de 100km de Brasília. Conhecido mundialmente, ele é acusado de crimes sexuais por dezenas de vítimas.

Fonte: www.metropoles.com

VEJA TAMBÉM:

CRUELDADE: “Quero minha mãe”, disse mulher estuprada por João de Deus aos 11 anos