EXCLUSIVO: Bandido MORRE soterrado após invasão a agência bancária dar errado em Curitiba. VEJA AQUI

0
44

Os bandidos tentavam entrar no Banco do Brasil por um centro comercial que fica ao lado da agência bancária quando a vítima foi soterrada

Uma pessoa foi soterrada durante uma tentativa invasão a uma agência bancária na rua Salgado Filho, no bairro Uberaba, em Curitiba, no início da manhã desta quarta-feira (9). Até às 7h20, a Polícia Militar ou o Corpo de Bombeiros não conseguiu localizar o buraco onde o corpo está preso.

 

Bandido é soterrado durante tentativa de assalto

Segundo a PM, os bandidos tentavam entrar no Banco do Brasil por um centro comercial que fica ao lado da agência bancária quando a vítima foi soterrada. As primeiras informações indicavam que os bandidos tentavam explodir uma parede quando o acidente aconteceu, mas durante a manhã, a versão foi alterada, já que os policiais encontraram no local furadeiras e serras elétricas.

O vigilante do centro comercial afirmou para a equipe da RICTV | Record TV que viu dois corpos soterrados no local. “Por volta das 5h30, todos os sensores do centro comercial foram disparados. A gente chegou no local, já estava o Corpo de Bombeiros e tinha a identificação de dois elementos. Eles entraram, fizeram a vistoria e identificaram que realmente tem sinal de explosão lá em baixo e acharam o corpo. Metade do corpo está no centro comercial e a outra metade na agência bancária”, contou o trabalhador.

Agora, o Corpo de Bombeiros (CB) trabalha para resgatar o corpo que está preso nos escombros e verificar se existem outras vítimas presas no cômodo. Os comparsas conseguiram fugir logo após a explosão dar errado.

OS BOMBEIROS TRABALHAM NA RETIRADA DO CORPO SOTERRADO (FOTO: TAIS SANTANA/RICTV CURITIBA)

Às 8h30 o Esquadrão Antibombas foi chamado para o local. Até às 09h15, o corpo do homem que está soterrado não foi retirado, já que a área é de difícil acesso.

*Aguarde mais informações

Fonte: pr.ricmais.com.br

VEJA TAMBÉM:

Atirador de elite, POLICIAL mata assaltantes de banco.