Ex-presidente do Flamengo Bandeira de Mello, é indiciado por homícidios

0
34

O ex presidente do Flamengo Eduardo Bandeira, além de outras pessoas da diretoria, foram indiciados por homicídio doloso, quando exercia ainda a presidência do Flamengo, quando houve um incêndio no Ninho do Urubu na ocasião da tragédia, onde dez jogadores da base perderam suas vidas e sonhos. Esse jogadores da base, viviam e dormiam no CT do Flamengo, dizendo a perícia que os jogadores dormiam em contêineres e haviam diversas falhas nas partes elétricas e no ar condicionado e não tinha permissão do corpo de bombeiros para ser um alojamento.

Resultado de imagem para tragédia no Ninho do Urubu

Foram dez vidas de garotos jovens, cheios de vida, saúde e sonhos que foram carbonizados, deixando suas famílias órfãs, porque tinham sonhos de um dia brilhar nos gramados do futebol mundial, saindo da categoria de base para o time profissional. Segundo o delegado Márcio Petra, uma tragédia que poderia ter sido evitada. A saudade, a dor e o sonho de ser tornarem profissionais, ficaram com as famílias dos jogadores, enquanto os dirigentes, tocam suas vidas normalmente. Infelizmente, os meninos da Gávea, não tiveram a sua segunda chance.

Perderam o campeonato, antes mesmo de entrarem em campo…