CONDENADO: Assassino de Tatiana Spitzner, é condenado a mais de 30 anos de CADEIA

0
46

O professor e biólogo Luís Felipe Manvailer foi condenado pela morte de sua então mulher, Tatiana Spitzner. Foram sete dias de julgamento, onde o juiz Adriano Scussiatto deu a sentença.

Luís foi condenado a pena de 31 anos, 9 meses e 18 dias, pelos crimes de feminicídio, por meio cruel e motivo fútil, e fraude processual. A decisão que foi tomada por sete jurados, não cabe nenhum recurso de defesa do réu. Ou seja, a decisão não tem volta.

Pai da advogada Tatiane Spitzner será assistente de acusação - GP1

 

Luís, além dos anos dos quase 32 anos de cadeia, foi obrigado pela justiça a pagar R$ 100 mil por danos morais á família de sua esposa, que ele matou. Durante a audiência, o juíz ainda citou que Luís tentou fugir para o Paraguai, e esse era o motivo de não deixar o réu responder em liberdade, mantendo-o em prisão preventiva, no qual ele já está preso há quase 3 anos na Penitenciária de Guarapuava.

Nas redes sociais, milhares de pessoas, comemoravam a decisão da justiça, pela triste e cruel morte de Tatiana Spitzner.