CASO VITÓRIA GABRIELLY: Assassinos presos mandam carta para o pai da menina

0
65

Para a surpresa do pai da menina Vitória Gabrielly, que foi assassinada em 2018, pelo casal Bruno Marcel de Oliveira e Mayara Borges de Abrantes e o pedreiro Júlio Ergesse, ele recebeu uma carta do pedreiro que já foi julgado e condenado há 34 anos de prisão e nesta ele acusa, o amigo que o denunciou é o culpado da morte da menina. O pedreiro Júlio disse que não é justo ele estar preso, pelo o que os outros fizeram e que a polícia, não fez a perícia no carro azul do então assassino.

O casal Bruno e Mayara que também são acusados de sequestrar e matar Vitória Gabrielly, ainda serão julgados. Na carta em que, o pai de Vitória recebeu, ele somente disse: “Não vi uma palavra solidária, nem um boa noite ou pêsames. Não sei porque mandou. Só vejo uma versão se importando apenas com ele mesmo descrita aqui”,

A menina Vitória Gabrielly foi morta aos 12 anos, segundo a polícia, por engano e a causa seria dívida de tráfico, com outra menina com o mesmo nome.

Veja a reportagem do Balanço Geral:

 

Balanço Geral: Pedreiro condenado por morte de Vitória aponta verdadeiro culpado

Caso Vitória Gabrielly: pedreiro condenado pelo crime aponta verdadeiro culpado em carta enviada à família da menina. Veja os detalhes na reportagem do Balanço Geral!• Acompanhe a programação da Record TV 24h por dia e as íntegras de todos os programas pelo celular, tablet ou computador no PlayPlus. Acesse: PlayPlus.com

Posted by Balanço Geral on Friday, June 26, 2020