CASO HENRY: Mãe e padrasto do menino de 4 anos, são presos pela Polícia do RJ acusados de assassinato

0
33

O médico e vereador do Rio de Janeiro, Dr. Jairinho e sua namorada Monique Medeiros, foram presos pela Polícia Civil do Rio de Janeiro nesta manhã (08), acusados de assassinato do menino Henry Borel, de apenas 4 anos. Jairinho é padrasto do menino e Monique, mãe do menino Henry, que foi morto há quase um mês.

Lembrando de passagem, que a mãe de Henry, teve a frieza de ir a um salão de beleza, um dia após enterrar o filho. A Polícia Civil concluiu que Jairinho, tinha uma rotina de violência contra o menino Henry, com chutes e golpes na cabeça e que Monique, sabia disso no mínimo desde fevereiro.

A polícia ouviu cerca de 20 testemunhas desde o começo de março e, foi reunindo provas até descartarem um suposto acidente, que a própria mãe de Henry levantou a suspeita.

Foi descoberto também que a babá de Henry, alertou Monique através de conversas pelo celular, sobre as agressões de Jairinho contra o menino.

Também foi descoberto pela polícia que ambos apagaram as conversas dos celulares no início das investigações, e que o casal, teria trocado os aparelhos.

Veja aqui: