ASSÉDIO: Repórter Gérson de Souza da Record é acusado por 12 colegas de trabalho

1
202

De acordo com o jornalista Daniel de Castro, do Notícias da TV, uma ”bomba” estourou dentro dos bastidores da Rede Record.

Conforme foi divulgado e denunciado, um dos melhores repórteres da Record, Gérson de Souza, foi acusado de assédio sexual no mínimo por 12 colegas de profissão, em sua maioria, trabalhavam com ele no Domingo Espetacular.

Resultado de imagem para Repórter Gérson de Souza da Record domingo espetacular

As vítimas teriam se apresentado nesta quinta feira no RH da emissora um boletim de ocorrência por assédio moral e sexual contra o repórter.

Isso caiu como uma bomba dentro da Record por ser, Gérson de Souza, um dos mais antigos e respeitados repórter da casa. Gérson se mostrou surpreso com as acusações e disse que tudo se trata de um ”revanchismo” contra a sua pessoa, pois uma das vítimas seria uma repórter e uma produtora que trabalham juntas com ele.
Ele disse que não houve assédio algum e é inocente.
Contra a sua versão, existe uma outra, em que uma das vítimas disse que há anos, o repórter Gérson dos Santos, faz esse tipo de assédio. Dizendo que o último caso que ocorreu com ela, ela a aliciou chegando por trás e a deu um beijo na boca, dizendo que roubado era mais gostoso, a vítima disse que sentiu nojo.
E que seus assédios foram sempre com segundas intenções e que ocorrem com a maioria das suas colegas. Como isso vem ocorrendo há anos, elas se reuniram e acharam melhor o denunciar para dar um basta de uma vez por todas.

Com informações da UOL e CARAS.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.