Após criticar Lava Jato, Dias Toffoli leva lição de HUMILDADE e MORAL do Ministro Sérgio Moro

0
166

Após o presidente do Supremo Dias Toffoli dizer que a Lava Jato destruiu empresas que direta ou indiretamente estavam envolvidas em corrupção, tiveram a oportunidade de corrigir os seus erros, fazerem acordos e abandonarem as práticas de seus crimes, usando a corrupção como a maneira mais fácil de enriquecer, respondeu o ministro da justiça Sergio Moro em entrevista ao jornal da Record.

Para o ministro Sergio Moro para ter uma economia saudável, não podemos ter empresas que se envolvam com subornos e propinas.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, texto

 

“Não há como desenvolver uma economia de maneira saudável se o pagamento de suborno e propina se tornar uma rotina”, disse. “Para todas essas empresas foi dada abertura dos acordos de leniência. Todas que quiseram corrigir seus erros abandonaram práticas de crimes, pagaram indenizações e tiveram oportunidade de fazer acordo, mas algumas demoraram demais porque, na verdade, não queriam responder pelos seus crimes”, disse o Ministro Sérgio Moro.

Foi como disse o ministro Sérgio Moro ao ministro Dias Toffoli: ‘‘Faço justiça e não faço política”