Analista do Santander que previu desvios do PT e foi demitida por ordem de Lula, foi indenizada em R$ 450 mil

0
97163

O jogo virou para Sinara Polycarpo Figueiredo. Analista do Santander até a campanha de 2014, alertou os clientes do banco que uma eventual vitória de Dilma deveria colocar o Brasil em apuros financeiros. Isso irritou Lula, que cobrou publicamente a demissão dela. O Santander cedeu à pressão, mas a decisão judicial deu ganho de casa à funcionária demitida. E ela vai receber R$ 450 mil de indenização por danos morais.

Numa fala direcionada a Emílio Botin, presidente do Santander, Lula usou as seguintes palavras em 2014:

“Essa moça que falou não entende p…nenhuma de Brasil e não entende nada de governo Dilma! Manter uma mulher dessas num cargo de chefia é, sinceramente… Pode mandar embora e dar o bônus dela para mim que eu sei como é que eu falo.”

Para ouvir a falar repugnante, basta clicar no player abaixo:

 
VEJA TAMBÉM: 

‘Nada como um dia após o outro’ – Analista do Santander demitida e humilhada por Lula tinha razão