AMOR ETERNO: Mãe grávida e com câncer, recusa quimioterapia e morre para salvar o filho

0
54

A mãe Suelen Camilo, de 27 anos, emocionou a família e os moradores de Londrina, ao preferir não fazer quimioterapia, para tratar de um câncer no ovário para não prejudicar e tentar salvar a vida de seu bebê.

As sessões de quimioterapia poderiam salvá-la ou prolongar a sua vida, mas para isso, ela teria que abortar o bebê. Suelen então, optou por não fazer o tratamento para dar a chance de seu filho nascer.

Suelen deu a luz ao menino que nasceu saudável mas ela não resistiu e veio a falecer, duas semanas após o parto.

Seu esposo, Luciano Alberto, comandante do Corpo de Bombeiros muito abalado, não quis dizer nada, quer somente cuidar do menino como se fosse ele, pai e mãe.

Com informação de Londrina 24h