Academias e salões de beleza entram na lista de serviços essenciais, pelo governo Bolsonaro

0
19

Em um novo decreto, o presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira (11) que academias, salões de beleza e barbearias são também, como serviços essenciais. Bolsonaro espera que a atualização do decreto saia ainda hoje.

O STF decidiu porém, que os governadores e prefeitos terão a autonomia para chegar as devidas conclusões em suas regiões e cidades.

Sendo assim, estados como São Paulo, que o governador João Doria estendeu a quarentena para o final do mês, não deverão retomar as atividades citadas pelo presidente por enquanto, já que alguns governadores citam a quarentena como fundamental para evitar mais infectados e consequentemente mais mortes.

Disse Bolsonaro:

“Coloquei hoje, porque saúde é vida, academias, salão de beleza e cabeleireiro também, isso aí é higiene, é vida. Essas três categorias juntas são mais de 1 milhão de empregos”, incluindo também barbearias.

“A questão da vida, do vírus, tem que ser tratada paralelamente à questão do emprego. O desemprego em massa já vai ser difícil de ser recuperado. Sem economia, não tem vida, não tem médico, não material para hospital, não tem transporte”, disse o presidente.

‘Trabalhando com cuidado, poucos clientes por vez, higienização dos equipamentos, álcool gel, máscaras, etc..Os autônomos não podem ficar em casa esperando porque não vai cair um salário na conta se não sair para trabalhar.
Os boletos não estão de quarentena e a fome também não”..disse uma internauta.

Informações: R7