A MAMATA ACABOU: Bolsonaro corta 80% de patrocínios da CAIXA de times brasileiros

0
89

A Caixa Econômica Federal, patrocinadora d[e grandes times do futebol brasileiro, resolveu através do presidente Jair Bolsonaro, diminuir o patrocínio que era repassado aos clubes que gerava um gasto em mais de 1 bilhão de reais para promover a Caixa.

Gastos esses, considerados desnecessários, já que a CEF é conhecida o bastante no Brasil inteiro e para tanto, não trazia retorno que fosse o suficiente. Através do governo, chegou a conclusão que será cortado 80% desse orçamento, ficando algo em torno de R$ 200 milhões ao ano para patrocinar os times.

Resultado de imagem para bolsonaro e times de futebol

Segundo o presidente Pedro Guimarães, existem outras prioridades que esse montante, possa patrocinar e ajudar cultura, outros esportes e atletas amadores.

A Caixa Econômica, não tem escudo para nenhum time de futebol, é dinheiro do povo para ajudar o povo. Entendendo que os clubes de futebol já têm patrocinadores de altos níveis e não compensa competir com eles. A Caixa Econômica Federal, pertence á população e seu objetivo é ajudar a classe menos favorecida.

A Função principal da CEF é disponibilizar recursos para o Financiamento de Moradias. Patrocinar clube de futebol é dispensável, a CEF não precisa disso! Parabéns ao Governo Bolsonaro que começa colocar as coisas nos seus devidos lugares.

Informações: Veja